Manual do ManDVD

Este manual é uma tradução livre da documentação em espanhol escrita por Juan Matías Granda.



1 – Primeiros passos

1.1 Obtendo o software:


Os pacotes binários e o código fonte do ManDVD podem ser baixados em: http://www.kde-apps.org/content/show.php/ManDVD?content=83906

1.2 Dependências para instalação:

O ManDVD necessita de alguns programas e bibliotecas externas para poder funcionar com todos os recursos disponíveis. Até o momento em que esse tutorial foi produzido, as dependências do ManDVD são as seguintes:

DVD Slideshow >= 0.7.5
mencoder
mplayer
MKISOFS >= 2.01
xine > 0.99.4
lame >= 3.97
dvdauthor >= 0.6.11
mjpegtools >= 1.8.0
netpbm >= 10.29
ImageMagick >= 6.2.4
transcode >= 1.0.2
dvd+rw-tools >= 5.21.4

1.3 Instalação no Slackware:

Para instalar no Slackware, pode ser utilizado os seguintes repositórios:

http://darkstar.ist.utl.pt/slackware/addon/slacky/slackware-12.1/
http://slacky.uglyplace.org/repository/slackware-12.1/

1.4 Instalação no Ubuntu:


Baixe o pacote para Ubuntu na página http://getdeb.net/app.php?name=ManDVD

Instale dando dois cliques sobre o pacote.

1.5 Executando o ManDVD:

Para executar o ManDVD, procure-o no menu de “Aplicações -> Som e vídeo” ou pressione ALT + F2 e digite mandvd. Ao abrir o ManDVD pela primeira vez aparecerá uma tela de seleção do idioma. Até o momento, não temos a tradução em português do software.

2 – Começando um projeto

2.1 Criar um novo projeto ou abrir um existente:



Ao começar um projeto de DVD, deve-se escolher o padrão de vídeo. O ManDVD suporta dois padrões de vídeo: PAL e NTSC. A maioria dos players de DVD atuais são compatíveis com os dois padrões, no entanto é bom levar em consideração o padrão escolhido na captura e edição dos vídeos que vão integrar o DVD.

Após escolher o padrão de vídeo, deve-se indicar qual o diretório que será utilizado para salvar os arquivos temporários e a estrutura final do DVD.

Lembre-se que um DVD pode ocupar até 4.4GB, por isso escolha um diretório localizado em uma partição com espaço livre suficiente para gravar todos os dados do DVD.

Caso já possua um projeto iniciado anteriormente, selecione a opção “Open a project file” (Abrir um arquivo de projeto). Lembre que para o projeto ser aberto corretamente, os vídeos, legendas e imagens utilizados devem estar salvos no(s) mesmo(s) diretório(s) e com os mesmos nomes que anteriormente.

2.2 Trabalhando com o módulo para adicionar mídia

Neste módulo temos as opções referentes à adição de arquivos que farão partes do DVD (vídeos, legendas, imagens, animações, etc.). O módulo está dividido em seis partes:


1 – Adicionar/modificar mídia em um DVD;
2 – Lista de vídeos e pré-visualização;
3 – Modificações e outros;
4 – Tipo de vídeo adicionado e espaço ocupado no DVD;
5 – Outros;
6 – Salvar projeto.

2.2.1 – Adicionar/modificar mídia em um DVD.

Nesta seção, como se pode ver, temos a opção que nos permite adicionar um vídeo ao nosso projeto e realizar as seguintes funções:

Modificar seu título: aqui o título se refere ao nome que o vídeo terá no menu do DVD. É importante escolher um título adequado, pois o mesmo não poderá ser alterado nas etapas seguintes;
aviso: É possível também utilizar uma imagem como título do vídeo. Caso não possua uma imagem que represente o vídeo, o ManDVD permite capturar facilmente um dos quadros do vídeo.

Eliminar vídeo selecionado: permite eliminar do projeto algum vídeo adicionado anteriormente;

Criar uma seqüência de imagens: O ManDVD permite selecionar um grupo de fotografias ou imagens e gerar um slideshow e ainda permite acrescentar uma grande quantidade de efeitos.

2.2.2 – Lista de vídeos e pré-visualização

Na lista podemos observar os vídeos já adicionados, os quais estarão identificados com um ícone de duas cores diferentes: cinza ou marrom. O ícone cinza indica que o vídeo já está no formato MPEG e não precisa ser recodificado. Já o ícone marrom indica que o vídeo deverá ser recodificado no momento de gerar o DVD, fazendo com que o processo leve mais tempo e ocupe mais espaço em disco.

Se quisermos pré-visualizar os vídeos adicionados basta dar um duplo clique sobre o nome do vídeo na lista e este começará a ser reproduzido em uma pequena tela incorporada ao ManDVD.

2.2.3 – Modificações e outros

Nesta seção temos opções referentes ao tratamento dos vídeos adicionados.

Cortar uma parte do vídeo – para cortar uma parte do vídeo é bem simples: basta reproduzir o vídeo e marcar o ponto de início e de final da parte que será retirada do vídeo. O ManDVD guardará um arquivo *.edl para o caso de haver a necessidade de voltar a realizar o mesmo corte.

Definir capítulos – Aqui poderemos definir capítulos para um vídeo adicionado para que, no momento de reproduzi-lo, possamos avançar por meio destes ou para fazer uma espécie de submenu e possibilitar o acesso direto a algum destes capítulos. Para definir os capítulos, podemos reproduzir o vídeo e, no momento em que se desejar marcar o início de um capítulo, clicar em “Adicionar capítulo”. Existe também a opção de “Capítulos automáticos”, na qual apenas é necessário definir o intervalo de tempo entre os capítulos e o ManDVD gerará os capítulos necessários automaticamente.



Aviso: Caso já saibamos o tempo exato de cada capítulo, não é necessário reproduzir todo o vídeo para fazer as marcações. Basta reproduzir parte do vídeo e, enquanto isso, clicar em “Adicionar capítulo” quantas vezes forem necessárias, e, por fim, utilizar a opção “Modificar capítulo” para inserir o tempo correto de cada um dos capítulos.

Editor de legendas – No editor de legendas podemos inserir legendas geradas anteriormente com outra aplicação (como por exemplo aquelas em formato *.srt) e fazer modificações nestas ou deixá-las da forma como estão.
Efeitos de vídeo: aqui poderemos adicionar aos vídeos quatro tipos de efeitos:


“Delogo”: para facilitar a inserção de logotipos nos vídeos, assim como os logos de redes de TV;
“Réglages”: Para ajustar a luminosidade e o contraste dos vídeos;
“Espelhamento”: Para inverter a imagem horizontalmente;
“Denoise”: Para reduzir o ruído do vídeo.

2.2.4 - Tipos de vídeo adicionados e tamanho do projeto

Se retornarmos à idéia iniciada no ponto 2.2.2, no qual falávamos dos tipos de vídeos com os quais vamos trabalhar, é necessário falar também do espaço em disco ocupado pelo projeto. Se estivermos trabalhando com vídeos em MPEG e que não precisam ser recodificados, podemos considerar como verdadeira a indicação do tamanho em disco a ser ocupado pelo DVD que vamos autorar. Porém se estivermos trabalhando com outros formatos de vídeo, como os XVID, devemos ter um pouco de cuidado, já que os vídeos serão recodificados e perderão a compressão, resultando em arquivos muito maiores que poderão exceder o limite de espaço de um disco de DVD comum.

Não é possível estipular com bastante certeza o nível de compressão de um vídeo, porém pode-se tomar como base que 1 hora de vídeo em formato MPEG ocupa cerca de 2 GB (um DVD comum pode armazenar 4,4 GB).

2.2.5 – Outros

O ManDVD permite ainda adicionar um vídeo de introdução ao DVD, ou seja, um pequeno vídeo que será exibido antes do menu do DVD.

2.2.6 – Salvar projeto

Desde a versão 2.1.14, o ManDVD permite salvar um projeto, possibilitando que se recomece o projeto do ponto onde paramos. Para utilizar esta função basta clicar no botão “Save project”.

Aviso: Esta função ainda não está completa e, por enquanto, só salva as operações realizadas no módulo “Añadir medios”, futuras versões do ManDVD prometem um maior alcance desta função.


3.Configurando os parâmetros do menu


Neste capítulo veremos as opções que o ManDVD oferece para deixar o nosso menu mais atraente e interativo. Este capítulo está dividido em quatro seções:



1 – escolher um fundo para o menu;
2 – pré-visualização e efeitos;
3 – fonte e cor do menu;
4 – seleção do fundo musical do menu.

3.1 Escolher um fundo para o menu


O ManDVD permite adicionar três tipos de fundo para o menu.
  • Imagem de fundo – escolha essa opção caso queira utilizar uma imagem em formato PNG ou JPG como fundo do menu. Para uma melhor visualização, utilize uma imagem com a mesma resolução dos seus vídeos (720x480 para projetos em NTSC ou 720x576 para projetos em PAL). Imagens com resolução menor ou desproporcional ao padrão podem ficar deformadas.
  • Uma cor – opção mais simples com apenas uma cor de fundo.
  • Fundo animado – essa opção permite escolher um trecho de um arquivo de vídeo para servir como fundo do menu.


Para determinar o trecho do vídeo a ser utilizado, pode-se utilizar o player e marcar o início e o fim do trecho com as chaves - { e } - ou digitar o tempo em segundos onde o trecho se inicia e qual a duração desejada. Pode se escolher, ainda, se o vídeo será repetido um determinado número de vezes ou indefinidamente.

3.2 Pré-visualização e efeitos




A área de pré-visualização nos permite ver como o menu ficará ao final do processo. Caso tenha optado por uma imagem de fundo, será possível também espelhar a imagem horizontal e verticalmente e aplicar os efeitos de coloração (negativo e sépia).

3.3 Fonte e cor do menu


É possível escolher a fonte para os textos do menu e sua cor em cada um dos estados – texto normal, selecionado e pressionado.

Aviso: O ManDVD, por enquanto, ainda não permite formatar os textos com diferentes tamanhos. Assim, fique atento caso queira criar um menu com capítulos, já que o tamanho de fonte para o texto de título será o mesmo que para o texto dos capítulos.

3.4 Seleção do fundo musical


Para finalizar, é possível adicionar um tema musical para o menu, o qual poderá se reproduzir apenas uma vez ou indefinidamente. Os formatos aceitos são: WAV, OGG e MP3.


4 – Criando o menu


Neste capítulo, finalizaremos o menu iniciado no capítulo anterior, abordando os seguintes tópicos:

1.A adição dos vídeos ao menu;
2.A ordem dos tabulação e a edição de máscara.



4.1 A adição dos vídeos ao menu

Como podemos perceber pela imagem, do lado direito temos uma tabela com os vídeos do projeto e seus respectivos capítulos. Para adicioná-los ao menu, basta selecioná-los e clicar no botão “Adicionar vídeo ao menu” (“Añadir video al menu”). Porém lembre-se que, se quisermos que os capítulos também fiquem visíveis no menu, devemos adicioná-los antes de adicionar o vídeo.

É possível também modificar os nomes dos capítulos. Para isso, basta selecionar o capítulo na tabela do lado direito da tela e clicar em seguida no botão “Renomear capítulo” (“Renombrar capítulo”).

Assim que adicionar todos os capítulos (caso tenha subdividido os vídeos em capítulos), pode-se adicionar os vídeos ao menu. Note que, ao selecionar um vídeo na tabela, estará habilitada a opção “Despues de la lectura de vídeo”, a qual te dará as seguintes opções: “Volver al menú” que, como o nome já expressa, fará com que, após a reprodução do vídeo, seja exibido o menu do DVD novamente. As outras opções contém o nome dos outros vídeos, caso se queira que, após reproduzir um vídeo, seja exibido um outro em seguida.

Outro detalhe a ser levado em consideração, é a linha vermelha que aparece em volta do menu. Essa linha determina um margem de segurança. É recomendável posicionar os títulos dentro da área demarcada por essa linha, pois os televisores geralmente não exibem o conteúdo localizado fora dessa área.

Caso você tenha cometido um erro na distribuição dos títulos no menu e queira refazê-los, basta clicar no botão “Limpiar menu”.

Importante: É necessário adicionar todos os vídeos no menu para poder continuar a autoração do DVD. Em breve, essa limitação do ManDVD deve ser solucionada.

4.2 A ordem de tabulação e a edição de máscara


  • Ordem de tabulação - A ordem de tabulação determina a ordem que os botões irão ocupar no menu quando formos navegar por eles com o controle remoto do DVD player. Após adicionar todos os vídeos e capítulos ao menu, podemos editar a ordem de tabulação. No entanto, não é obrigatória a realização dessa etapa. Caso optarmos por não determinar a ordem de tabulação, o ManDVD levará em consideração a ordem em que os botões foram adicionados ao menu.



  • Edição de máscara – Quando adicionamos um botão ao menu é também criada uma máscara. Esta máscara determina a área do menu na qual, ao clicarmos, fará com que o botão seja ativado. Ou seja, a máscara determina a superfície real do botão. Se nós quisermos modificar a máscara do botão, podemos fazê-la por meio dessa ferramenta. Um exemplo de uso desse recurso é no caso de termos escolhido uma fonte muito pequena que chegue a incomodar no momento de selecionar o botão.



Como se pode ver, o ManDVD possui várias ferramentas para editar as máscaras e conta também com um pré-visualizador do menu, para que possamos ver qual parte da máscara estamos editando.

Ao editar uma máscara, leve em conta também que a máscara para seleção do botão não é a mesma que a máscara para ativação do botão. Caso deseje que ambas sejam idênticas, é necessário editar cada uma delas. Podemos alternar entre os dois tipos de máscaras, no canto inferior-direito da interface do ManDVD.


5 – Criando o DVD


Agora é o momento de finalizar o trabalho realizado nos capítulos anteriores com a geração e gravação do DVD. Para isso, devemos levar em conta os seguintes itens:

1.Escolha do formato de tela;
2.Opções de qualidade do vídeo e legendas;
3.Prioridade de execução;
4.Gerando e gravando o DVD;
5.Possíveis erros e uso do console.



5.1 - Escolha do formato de tela


O ManDVD possibilita a escolha entre os dois formatos de tela mais utilizados atualmente: o 4/3 (formato tradicional da TV, retangular, porém quase quadrado) e o 16/9 (conhecido também como widescreen, utilizado hoje em dia principalmente nas TV's de plasma). No momento de escolher o formato de tela, devemos respeitar o formato dos vídeos adicionados ao DVD. De outro modo, as imagens poderão ficar achatadas ou alargadas quando o DVD for reproduzido.

5.2 - Opções de qualidade do vídeo e legendas




  • Qualidade do vídeo: No primeiro capítulo desse vídeo, abordamos a questão da compressão do vídeo e da limitação de espaço do DVD. Se no momento de finalizarmos o projeto, o vídeo resultante é tão grande que não cabe em um DVD, o ManDVD permite reduzir a qualidade do vídeo para que este ocupe menos espaço.

  • Legendas: Neste menu, encontraremos quatro funções ligadas às legendas:
- Escolha de uma fonte;
- Escolha do tamanho da fonte em relação à tela (4% é o recomendado);
- O posicionamento da legenda na tela de acordo com a vertical;
- Tipo de codificação dos caracteres.

5.3 – Prioridade de execução


Programas como o ManDVD, chegam a usar 100% da capacidade de processamento do computador no momento em que estão codificando o(s) vídeo(s). Por isso, caso você deseje utilizar o computador para outras tarefas enquanto o ManDVD estiver finalizando seu DVD, é recomendável baixar a prioridade de execução.

5.4 - Gerando e gravando o DVD


Assim que a configuração do projeto for finalizada, basta dar um clique no botão “Generar la estructura del DVD” para que seja iniciada a geração dos menus e a transcodificação dos vídeos. Dentro do diretório do projeto, será gerada uma pasta chamada DVD com as subpastas AUDIO_TS e VIDEO_TS. Durante o processo de geração da estrutura do DVD, poderemos monitorar o avanço por meio das diversas barras de controle.

Quando essa etapa for finalizada, serão habilitados os seguintes botões:

“Visualizar el resultado”, o qual nos possibilita visualizar o DVD sem a necessidade de gravá-lo em um DVD;
“Grabar DVD”, caso nosso sistema GNU/Linux possui algum software de gravação de DVD's, podemos fazer uso dessa função sem nenhum problema;
“Grabar con K3B”?, para quem preferir gravar com o K3b, o famoso software de gravação do KDE (http://www.k3b.org);
“Grabar uma imagem ISO”, se ao finalizar o projeto não se tem a intenção de gravar o DVD imediatamente ou caso deseje fazer várias cópias do DVD em diversos momentos, é recomendável fazer uso dessa função. Assim, será gerada uma imagem ISO no diretório do projeto com o nome “dvdiso.iso”, a qual poderá ser gravada com qualquer programa de gravação de DVD.

5.5 Possíveis erros e uso do console


Caso ocorra algum problema na geração do DVD, pode-se visualizar o console de execução, o qual mostra todos os eventos que o ManDVD tem realizado para a criação do DVD. Se, ao consultar o console, você não conseguir entender o erro ou se este persistir depois de várias tentativas, copie a saída e publique-a na seção “bugs” do fórum oficial do ManDVD: http://csgib36.ifrance.com/phpBB2/index.php .

6 - Outros Tutoriais:



Licença de uso


Tradução realizada por Wille Marcel

É dada permissão para copiar, distribuir e/ou modificar este documento sob os termos da Licença de Documentação Livre GNU, Versão 1.1 ou qualquer versão posterior publicada pela Free Software Foundation;

"Licença de Documentação Livre GNU".


Contribuíram com esse manual:
(quem contribuir, deixe seu nome)

erasmo

Last modification: 03/07/2008 at 09:39, by: wille