Pontão de Cultura: KUAI TEMA - INTEGRAÇÃO PELA LIBERDADE.
Cidade/UF: Curitiba /PR.

Proponente: SOYLOCOPORTI - PELA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA.
Contato: Marco Amarelo Antônio Konopacki / Érico Massoli Ticianel / Gustavo Guedes de Castro / Rachel Bragatto.
Endereço: Rua Itupava, 1299 Cj 312 - Hugo Lange - Curitiba - PR.
Fone/ E-mail /Site: (41)30920463, 96789696 (Amarelo), contato em soylocoporti.org.br

Objeto do projeto: ARTICULAR OS PONTOS DE CULTURA DO PARANÁ, DOCUMENTAR SUA ATUAÇÃO E INTEGRÁ-LOS ATRAVÉS DE FERRAMENTAS DE COMUNICAÇÃO BASEADAS EM SOFTWARE LIVRE.

Público alvo: VINTE UM PONTOS DE CULTURA DO ESTADO DO PARANÁ / MAIS DE 30.000 PESSOAS QUE RECEBEM O BENEFÍCIO DIRETO OU INDIRETO DA ATUAÇÃO DOS PONTOS DE CULTURA DO ESTADO DO PARANÁ.

Justificativa: A motivação que levou o Soylocoporti a candidatar-se como Pontão de Cultura é que vemos a possibilidade concreta de aumentar o poder de difusão cultural dos projetos já existentes e realizados pelo coletivo e por inúmeras entidades parceiras; articular, integrar e capacitar outros pontos de cultura já existentes na cidade e; fomentar a criação de novos pontos de cultura em Curitiba.

Objetivos: Após os trabalhos do Pontão, pretende-se deixar uma rede de comunicação articulada entre os pontos de cultura. Estes serão capazes de avaliar a sua atuação na sociedade e criar espaços de articulação própria reconhecendo que a integração é importante para sua própria sobrevivência. Além disso, os instrumentos de comunicação criados no período de execução do Pontão terão um regimento público para o seu uso e mantenimento, não sendo desfeitos ao final do projeto KUAI TEMA. Os Pontos terão, portanto, ferramentas de comunicação a seu dispor e terão pessoal treinado para seguir produzindo conteúdo - ganhando, assim, soberania e garantindo sua auto-organização por meio da rede.

Estratégia: A estratégia está em realizar reuniões de instrumentalização empírica com todos os Pontos de Cultura do Paraná e coletar suas percepções e potencialidades. Após essa etapa, serão ofereciadas os instrumentos de comunicação e serão realizados seminários com o oficinas sobre as ferramentas e troca de experiências. Os seminários também procuraram trabalhar subjetivamente sobre a percepção dos Pontos como agentes políticos de transformação social.

Resultados esperados: Soberania cultural por meio da produção e veiculação (na WebRádio e rede digital) dos bens culturais onde cada Ponto de Cultura está inserido; 2. Viabilização da produção regional e independente de cada ponto. 3. Rede digital que interliga os Pontos de Cultura no Paraná, permitindo, assim, um incremento na comunicação e organização; 4. Por meio dessa organização, a população terá maior facilidade de acesso aos Pontos, suas atividades e produções.

Last modification: 13/04/2009 at 18:39, by: amarelo