Esta página ainda é um esboço. Contribua! Clique em editar. (:wink:)



Descrição

FAQ

Lista do PureDeposito

Foi criada uma lista de discussão sobre o PureDeposito. Participe!
Para se inscrever
mande email para puredeposito-subscribe@estudiolivre.org

Para falar com a galera
mande email para puredeposito@estudiolivre.org

Usando SVN

Porque?

Bem, o svn é um programa de controle de versões; Basicamente a escolha foi para permitir que várias pessoas editem os arquivos ao mesmo tempo, mantendo um histórico das versões anteriores.

Instalação do subversion

aptitude install subversion

Baixando todos os patches

svn co http://olho.homelinux.org/puredeposito

Estrutura do repositório

O PureDeposito tem a seguinte estrutura:
doc
Documentação original do puredata, contendo os patches de exemplo, para tradução

user_patches
Patches de puredata criados por nós para todo mundo fuçar e usar e modificar.

software
Programas desenvolvidos em PD ou que tem alguma relação com o PD, como o Navalha ou o GladePD?.

Acesso de escrita ao repositório

Por enquanto apenas alguns usuários tem o acesso de escrita. Futuramente está planejado adotar a estrutura de pasta incoming, ou seja, uma pasta onde todos poderão gravar patches para avaliação dos outros.
Sugestões?

Enviar seus dados modificados

Após modificar/traduzir alguma coisa, digite:
svn commit -m "Descrição da modificação"

Faça isso com frequencia, para manter o repositório atualizado! Não deixe para depois o commit que você pode fazer agora!

Incluindo novos patches

svn add arquivonovo.pd

Depois de adicionar os arquivos, faça o envio, conforme acima.

Criando sua pasta

svn mkdir minhapasta

Criando sua versão do trabalho de outra pessoa

svn copy ../pastadooutro/arquivodooutro.pd .
( modifique o arquivo... )
svn commit -m "Descrição da modificação"

Fazendo desta forma, o subversion saberá que é uma cópia, mantendo as informações antigas do arquivo.

Svn copy

Coloco aqui a explicação do Nosklo, escrita na lista do Puredeposito, de como utilizar o svn copy:

Toda vez q vc renomear ou copiar um arquivo, faça com os comandos svn
move ou svn copy.
Esses comandos mantem a cópia em si no histórico do repositório e não
criam uma nova cópia do arquivo no servidor
Por exemplo:

svn copy leiame.txt leiame2.txt


modifico o leiame2.txt e commit
no log vai ficar gravado, que o leiame2.txt veio a partir do
leiame.txt, e vai gravar só as modificações do leiame.txt para gerar o
leiame2.txt e não o arquivo inteiro.

Isso pode ser usado pra fazer tags de um diretório inteiro, como no exemplo:

svn copy navalha tags/navalha0.3
svn commit -m "criado tag para versao 0.3 do navalha"

isso signifca q mesmo no futuro qq um pode dar um svn checkout na
versao 0.3 que esta em taga/navalha0.3, mas nenhum arquivo novo foi
criado no servidor, o espaço gasto para isso é nenhum, seria só uma
tag mesmo. diferente de vc usar o cp normal do shell, que criaria
outra cópia, e o svn consideraria arquivos novos com svn add,
iniciando um novo histórico e armazenando novas cópias.

Para entender leve em consideração o fato de que o svn só armazena as
'modificações' feitas entre as versões e não o arquivo inteiro, ele
abre mesmo o arquivo e faz um diff, para gravar só o que mudou entre
uma versão e outra. isso possbilita usar svn copy para tags ou
branches.


Last modification: 02/09/2007 at 22:26, by: vitoriamario