Blog: loading...


Description

Last modified: 26/01/09 - 18:12     RSS feed

Documentário: TIRE DIÉ (1960).

image


Argentina, mais um país ex-colônia de exploração na América Latina que, ainda têm uma pequena parcela de seus povos nativos, sobreviventes dos massacres históricos, causados por homens que se diziam civilizados. E até hoje esse povos não receberam nenhuma indenização por desrespeito aos seus Direitos Humanos. Mas ao contrario disso receberam um peso em suas costas e nenhum "Peso" nos bolsos.

O Documentário Tire Dié (1960) de Fernando Birri documenta a situação da periferia de Santa Fé nos anos 50, período em que a Argentina buscava o desenvolvimento industrial, apresentada ao espectador como uma província de boas condições para o desenvolvimento industrial, apresentando sua ótima infra-estrutura para investimentos como: industrias, universidades, estradas de ferro, portos para escoamento das produções e etc. Mas tudo isso em beneficio de uma minoria, diz o Documentário. Sabermos que essa minoria são aqueles que detém e explora a terra, criando seus monopólios sobre ela e dos meios de produção.

O Documentário segue os trilhos de uma imensa estrada de ferro e, sem esperar a chegada de uma estação ferroviária o documentário nos deixa a beira dessa estrada. Ali naquele trecho é nos revelado uma vila campesina muito pobre, onde podemos notar nas pessoas que vivem na vila, os traços nativos de um povo, que hoje extinto nos grandes centros argentinos. Nos revela o descaso das grandes autoridades governamentais com aquele povo, que até então teve os trabalhos mais árduo na construção desse país. No decorrer do documentário de Barri é revelado mais incidência desse descaso, mostrando famílias inteiras abandonadas da beira daquela estrada, com seus filhos famintos que não vão à escola, pois não há escola, não há nada ali, apenas esse povo que insiste em sobreviver com as poucas moedas de Peso jogadas aos seus filhos pelos passageiros do trem que passa por ali. Esse é o momento mais importante do filme, pois nos revela um contraste social, de raças e de conceitos.

As crianças da vila se agitam e começam a correr atrás do trem que passa por ali, com nada em suas mãos para trocar pelas moedas, correm apenas com um grito na guela sedenta, pedindo para que os passageiros lance uma moeda. Na aflição pelas moedas percebemos os contrastes, podemos observar que naquele trem esta a minoria que foi dito no início do documentário, não é um povo nativo e mestiço que viaja naquele trem, não são pessoas como aquelas que vivem na vila. E assim caminha o trem da injustiça, da impunidade, da violência contra os povos latinos.

O Tire Dié nos traz vários questionamento sobre a América Latina e seus povos, isso torna-o um importante filme de cunho social na América Latina influenciado pelo neo-realismo italiano, que vai desencadear várias outras produções cinematográfica com mesmo cunho social e cultural. Tornando o cinema uma grande arma para o questionamentos políticos, sociais e culturais em toda América Latina.


tags: doc, cinema, filme, argentina, crítica, tire, dié, neo, reslismo, italiano

posted by: Daniel_gnu on: 18:12 - 26/01    |    permalink    |    add comment

Cinema: Divulgação

image

tags: tainã, gráfico, cultura, inkscape, cinema, filme, cartaz, guerra, ruy, darcy, ribeiro, folder

posted by: Daniel_gnu on: 15:38 - 06/01    |    permalink    |    add comment

Média: Formatos de MP3/MP4/5...

image


Não consegui converter pelo Terminal Shell um vídeo para um formato proprietário compatível com esses "players" como:MP3, MP4 e ai vai... Esses players só aceitam formatos esquisitos como: amv, .smv entre outros, onde você pode converter vídeos para esses formatos usando Software proprietário. Mas como usamos Software Livre dançamos ou não!


A pouca documentação na internet que nos mostra a solução, e também nem se ouve falar em desenvolvimentos de codecs para converter arquivos para esses formatos citados.


Mas tem um site super bacana que converte vários tipos de formatos para outros tipos de formatos de saída, você pode converter textos em .pdf para .odt, .rtf, .doc, converter áudio em .wav para .mp3, .ac3, converter vídeo de .mpeg para .amv, .wmv etc. Existe infinitos formatos por lá, talvez seja o formato que você esteja procurando.



tags: mp3, conversor, converter, formatos, mp4, amv, wmv, media

posted by: Daniel_gnu on: 14:36 - 05/01    |    permalink    |    add comment

A maior festa tecnológica do mundo - Campus Party Brasil

image

A Bienal do Ibirapuera será transformada numa grande cidade tecnológica de 11 a 17 de fevereiro de 2008, quando acontece a Campus Party Brasil - o maior encontro de comunidades da Internet do mundo.

Com o mesmo espírito da festa que já acontece há 11 anos na Espanha, a Campus Party Brasil será um espaço de encontro e de aprendizagem. Durante 7 dias e 7 noites, milhares de participantes acampam em suas barracas, com seus computadores a tira-colo, trocando momentos, idéias e experiências.

tags: Este post não tem tags.

posted by: Daniel_gnu on: 01:24 - 14/12    |    permalink    |    add comment

Cinelerra: Yes Problem

Mudou os Arquivos de diretório que você estava trabalhando no cinelerra ?? E agora o cinelerra não acha-os??
Quando vc abre seu arquivo .xml no cinelerra, e aparece a seguinte frase:

Cinelerra: Errors.


Dizendo que os arquivos não foram encontrados nos diretórios direcionados, ou seja você mudou os arquivo(s) de diretório. Uma solução para resolver isso é você ir na janela do Cinelerra Resources e ir na pasta Media, agora clique com o lado direito do mouse em cima do arquivo, e vai em "ifo...", pronto agora é só reescreve o caminho onde se encontra o arquivo. Mas se você mudou todo um diretório de lugar com todos seus arquivos que você carregou no projeto do Cinelerra, você tem outra opção para reescrever o caminho de cada arquivo.

Caminho, ex:/home/livre/videos/bruto/arquivo007.dv!

É só abrir o projeto .xml gerado pelo Cinelerra com o programa gedit, isso mesmo, .xml é um linguagem de programação que pode ser visualizada em um editor de texto assim como outras linguagens( C, C++, Phyton e etc). Depois do .xml aberto com o gedit você vai na barra de menu do mesmo em Pesquisar e depois em substituir(Ctrl+H) abrira um janela, e em Procurar por: coloca o caminho errado, pede para Localizar, todos os arquivos carregados que tenha o mesmo caminho será destacado. Agora só falta colocar o novo caminho e clicar em Substituir Todas, isso você faz com que você reescreva todos os caminhos de uma só vez.Depois é só SALVAR !! Em seguida você pode abrir o arquivo .xml com o Cinelerra sem problemas, se houver problemas você poderá ter digitado o caminho errado ou inexistente.

image


image

tags: cinelerra, vídeo, arquivos, error, diretório, carregar, problema, gedit

posted by: Daniel_gnu on: 19:20 - 11/12    |    permalink    |    add comment

Indrodução a Construção de Roteiro

Está rolando um grupo de estudo de construção de roteiro para curta metragem,na Casa de Cultura Tainã.

- Roteiro: é você contar uma história,mas no papel, para isso tem oque ter uma fato, um acontecimento se não seu filme vai ficar sem graça!
Quem desenvolveu o roteiro foi Aristóteles, e hoje é conhecido com roteiro clássico.

- Antagonismo: Se na história o personagem começa bem termina mal e vice-versa, se o personagem é maldoso porque existe outro personagem bondoso, existe infinito exemplo de antagonismo.Isso deixa a

- Conflito:

Arte !

tags: Este post não tem tags.

posted by: Daniel_gnu on: 17:36 - 04/10    |    permalink    |    add comment

Seminário Internacional Sobre a Diversidade Cultural

"O Seminário Internacional sobre Diversidade Cultural: práticas e perspectivas tem o objetivo de aproveitar esta oportunidade histórica. Ele é fruto de uma proposta do Ministério da Cultura do Brasil apresentada à Comissão Interamericana de Cultura da Organização dos Estados Americanos (OEA). A iniciativa representa uma ocasião ímpar para ampliação do intercâmbio cultural, para o debate acerca da diversidade cultural e sobre as experiências de políticas públicas da cultura nas Américas." - E a Orquestra de Tambores de Aço da Casa de Cultura Tainã esteve presente nesse seminário.


Veja as fotos !

tags: Este post não tem tags.

posted by: Daniel_gnu on: 18:37 - 13/07    |    permalink    |    add comment
Petição por uma Internet Democrática

tags: Este post não tem tags.

posted by: Daniel_gnu on: 21:50 - 07/06    |    permalink    |    add comment

Expresso 4.11 Convida

image



tags: Este post não tem tags.

posted by: Daniel_gnu on: 09:54 - 26/04    |    permalink    |    add comment

Rede Mocambos Convida

image

Saca só na info! Pajelanca Quilombolica Digital Abr07

fotos[http://griot.ourproject.org/gallery2/main.php?g2_itemId=8648

tags: Este post não tem tags.

posted by: Daniel_gnu on: 11:52 - 24/04    |    permalink    |    add comment
imageimageimage
Vista Starter é a nova versão do Sistema Operacional(SO) Windows,para quem não sabe,quando é lançado uma nova versão de um SO é para corrigir erros(bugs) da versão anterior.Mas no ruindows isso não acontece,porque muita vezes os bugs continuam e para piorar novos erros aparrecem,esse é o caso da vova versão do Windows.

No Ruindows Vista Starter o usuário não pode executar mais de três programas ao mesmo tempo , ou seja o multiprocessamento do sistema é falho.
O sistema deixa sempre no canto inferior direito da tela o logo Windows Vista Starter,com isso incomoda o usuário quando estiver usando uma janela de um programa,por exemplo.Portanto o Windows é muito ruim,não só pelos bugs mas por ser propietário!.

tags: Este post não tem tags.

posted by: Daniel_gnu on: 12:06 - 19/04    |    permalink    |    add comment

Resistência Látina

As manifestaçôes contra o 'Imperalismo Norte-Americano/Capitalista' é comum na 'América-Látina', devido
ao masacre que o povo látino já sofreu por potência anteriores a Norte-Americana?,entenderá isso estudando a histária dos países da América-Látina?, mas se você for um látino não-burguês me entende!

Com a Tournê do presidente Bush pela a América-Látina? com o objetivo de oferecer pacotes ou seja dinheiro para governos látinos para que países látinos tenha melhor qualidade de vida,como isso é lindo !!! Qualidade de vida é ser um consumidor de merda industrial? ou ficar obeso??.Mas no fundo esse pacote é para que países de terceiro mundo continue devendo para eles e assim continuaremos onde estamos na merda! Qual foi o dia em que países do primeiro mundo negócia com países de terceiro sem sair no lucro!?

Essa tourne causou várias polemicas, entre a população látina , onde grande parte da população é contra a vinda de Bush,mas a minoria que detem o poder do capital é a favor. A guerra entre a minoria(elite/burguêsia) e a maioria(classe obrera/operaria) foi declarada,a muito tempo atrás e esse confronto se chama luta de classes, mas podemos ver essa luta evidentemente nos dias de hoje, na relação entre patão e funcionário,por exemplo.Ou seja não é atoa que pessoas com um senso crítico político e correto, tomam as ruas com paus,bandeiras,pedras e com sua indignação com a atual situação do mundo, e enfrentam policia e exército que foram criados para manter a ordem do estado e defender as elites burguesa,mas que ordem ?? Ordem da miséria do povo ? Ordem da repressão do povo ? Ordem do fim dos recursos do planeta ? Então é essa ordem quem eles pregão,então preferimos ficer em desordem!!!

"Quem quer manter a ordem?

Quem quer criar desordem?"



Acho que sobre isso, muitas pessoas já sabem, mas a idéia central é mostrar algumas imagens dessa luta cotra o Capitalismo/Imperialismo, como preferirem!no site do Cmi você encontrará mais imagems

Fotos

tags: Este post não tem tags.

posted by: Daniel_gnu on: 15:20 - 17/03    |    permalink    |    add comment

oficina de software e-comunidade livre






O encontro de pessoas de diversos grupos que vem pensando e contribuindo na construção de redes de troca de conhecimentos livres. Assim é a Rede Mocambos com seus parceiros colaborativos inspirados em ações voltados para o desenvolvimento; humano, social, econômico, cultural, ambiental e preservação do patrimônio histórico – memória. Assim se configura um espaço – oficinas – onde trocaremos experiências sobre as novas tecnologias da informação e comunicação, conhecendo algumas ferramentas utilizadas nos trabalhos dos Mocambos envolvidos, tendo como objetivo a apropriação e compreensão crítica da relação entre culturas e tecnologias,junto aos multiplicadores dessas ações em suas comunidades.Vejas as fotos!

tags: Este post não tem tags.

posted by: Daniel_gnu on: 10:47 - 01/03    |    permalink    |    add comment

Encontro de Cultura Popular - Brasília 2007

Tá rolando o encontro de culturas populares nacional em Brasília-DF, é o festsesi,que rola no perio de 23 a 28 de Janeiro de 2007.E a casa de Cultura Tainã está lá marcando presença com a Orquestra Tambor de Aço.E logo será públicado videos, audio do evento e o primeiro programa de tevê feito em software livre junto com o programa Mosaico.



Os vídeos foram exibidos primeiramente no programa Mosaico de Cultura Popular, em que os participantes, com auxílio da TV Brasil - Canal Integración, canal público internacional do Estado brasileiro, em parceria com a Secretaria de Identidade e Diversidade Cultural e o Ministério da Cultura, registraram a diversidade do encontro.

O programa de 30 minutos foi ao ar pela TV Brasil, pela TV Nacional, emissora pública de Brasília-DF, e pela TV NBR, a televisão do Poder Executivo. Reuniu vídeos com cerca de cinco minutos que mostravam varios tipos de manifestações culturais que surgiram e ainda surgem no imenso país chamado Brasil.

Artistas populares puderam se reunir durante o Encontro de Cultura Popular em Brasília para trocar experiências sobre as tradições culturais de cada região e discutir com o governo formas de financiamento e políticas públicas. O espaço foi voltado para discussões sobre cultura e palco para as mais diversas manifestações.

Assista Agora!!

tags: Este post não tem tags.

posted by: Daniel_gnu on: 04:27 - 23/01    |    permalink    |    add comment

Downloads...

Nicotine


O Nicotine é um cliente para a rede do Soulseek, um programa P2P for Windows que se tornou extremamente popular em pouco tempo. O número de arquivos compartilhados impressiona e ao mesmo tempo as buscas são rápidas.

O Nicotine é um dos melhores programas P2P na minha opinião, sobretudo para baixar músicas de bandas pouco conhecidas(ou seja underground). A interface é bem feita e você encontra todos os recursos esperados, incluindo o chat e a função de criar uma lista de amigos.


Na página oficial você encontra apenas um pacote com o código fonte, mas o pacote está disponível no apt-get para as distribuições baseadas no Debian. No Kurumin você encontra um ícone mágico no menu Internet. Em tempo, a página é:www.nicotine.thegraveyard.org

Para funcionar, o nicotine precisa que os seguintes pacotes estejam instalados: Python (versão 2.2.0 ou mais recente), GTK+-2.2 (ou mais recente) e PyGTK-1.99.16 (ou mais recente, em algumas distribuições este pacote chama python-gtk2)

Estes pacotes são bibliotecas usadas por diversos programas, por isso é provável que elas já estejam instaladas. No caso da instalação via apt-get você não vai precisar se preocupar com isso pois ele já baixa os pacotes necessários automaticamente.

O Nicotine é bastante popular, fazendo uma pesquisa no google você pode encontrar pacotes para outras distribuições sem muita dificuldade.

Para instalar o Nicotine a partir do código fonte, baixe e descompacte o pacote e, dentro da pasta criada rode o comando:

# python setup.py install

Você pode também especificar uma pasta onde deseja que ele seja instalado, como em:

$ python setup.py install --prefix=/home/morimoto/nicotine

Existe ainda a opção de rodar o programa diretamente, sem compilar nada. Isso é possível pois o Python é uma linguagem interpretada. Os programas não precisam necessariamente serem compilados para rodar, o interpretador pode fazer isso em realtime. Neste caso você precisaria apenas de um:

$ python ./nicotine


Outros sistemas em Guia do hardware

tags: Este post não tem tags.

posted by: Daniel_gnu on: 21:25 - 08/12    |    permalink    |    add comment

Botinada! A origem do punk no Brasil

Gastão Moreira


Nesse contexto, o punk chegou ao Brasil e levou tudo morro abaixo com sua mistura vulcânica de riffs simplificados e erupções de protesto político sobre bases incandescentes. Como um manual terrorista, o punk mostrou aos jovens como sabotar o status quo: aprenda três acordes e monte sua banda. Do it yourself. Faça você mesmo.

Quando os Ramones e os Pistols surgiram, os sem-futuro encontraram o rumo. Bandas pipocaram por todo o mundo e aqui no Brasil não foi diferente. Em 1977 surgem os primeiros esboços de bandas brasileiras. O vírus se espalha de modo irreversível. O apogeu do movimento no Brasil acontece em 1982 com o festival “O Começo do Fim do Mundo”. Matérias mal-intencionadas fixaram o alvo nos punks. Depois de uma fase de dispersão no meio dos anos 80, o movimento punk voltou mais diluído, porém mais organizado. Hoje a cena continua em plena atividade.

Botinada narra as origens do punk rock no Brasil, sua primeira fase (1976 – 1984) e o paradeiro de seus protagonistas. Foram 4 anos de pesquisa, 77 pessoas entrevistadas, milhares de horas nas ilhas de edição, 200 horas de vídeo e muitas imagens raras e inéditas compiladas pela primeira vez.

Botinada traz à tona essa incrível história contada pelos punks que vivenciaram de corpo, alma e jaqueta de couro essa caótica jornada.



tags: Este post não tem tags.

posted by: Daniel_gnu on: 16:36 - 24/10    |    permalink    |    add comment

American Hardcore 22.Set



Clique na imagem para ver o trailler.



Baseado no livro de Steven Blush, American Hardcore: A Tribal History, o documentário traça um panorama do cenário hardcore nos EUA de 1979 e 1986. O filme mistura entrevistas e cenas de shows de bandas como Black Flag, Bad Brains, Minor Threat, SS Decontrol e Dead Kennedys.



tags: Este post não tem tags.

posted by: Daniel_gnu on: 11:56 - 22/09    |    permalink    |    add comment

Deu pau!!

Deu pau!!
Esse foi um fato que ocorreu na maquina do kit multimédia,nosso
amigo foi digitar uma linha de comando no terminal ae ele digitou algumas teclas sem querer e saiu o tal comando "rm -fr" ele apagou todos
arquivos do diretório,e o pior não consiguimos acha-los.KKKk com os problemas tecnicos tbm apredemos muiinto.Nem tente dar esse comando mas se quizerem é só dar: fm -rm boa sorte!!!


10'image'

tags: Este post não tem tags.

posted by: Daniel_gnu on: 16:18 - 15/09    |    permalink    |    add comment

Page 1 of 1