Tutorial rápido do Hydrogen

Isto é somente um rápido e simples acompanhamento para o Hydrogen. Consulte o tutorial e o manual para uma explicação mais detalhada.

Fazendo uma música...

Modo "Música" e modo "Padrão".


(O Hydrogen possui dois modos: Modo "Padrão" e modo "Música" (saiba mais). Quando o modo "Padrão" esta ativado, o padrão selecionado é continuamente repetido, isto é útil quando nós ainda estamos compondo o padrão. Já no modo "Música" todos os padrões utilizados na música são tocados: isso é útil pra testar o encadeamento dos padrões na música.

Um novo padrão.


Nós começaremos de uma música com o padrão vazio, como criado por padrão: modo "padrão" deve ser selecionado agora. É possível também mudar o nome do padrão. Agora vamos clicar no botão "tocar" e enquanto o padrão está tocando, vamos adicionar notas à grade do editor de padrões, (Fig. 1).

Um simples clique com o botão esquerdo do mouse nele: ajusta a resolução da grade e a velocidade do BPM se necessário. Lembre-se de algumas restrições da grade: se você está trabalhando com uma resolução de 16 você não pode voltar para 8 e remover a décima sexta nota; a mesma coisa acontece se você estiver trabalhando com uma resolução de 8 e tentar colocar ma nota no meio de duas barras (olhe a precisão de 16 barras): elas serão colocados antes ou depois da oitava barra (a não ser quer você escolha "off" na resolução de grade, neste caso você está livre para colocar notas onde você quiser). Tenha certeza de selecionar o padrão correto no editor de música antes de adicionar notas no editor de padrão!



Fig. 1 O editor de padrões


Uma nova sequência


Uma vez que os padrões são criados (Fig. 2), nós podemos copiar/colar/apagar eles simplesmente arrastando-os com o mouse (ative o modo de selecionar para o editor de música e mantenha pressionado o botão esquerdo do mouse para selecionar aqueles que você quer mover ou copiar).



Fig. 2 Inserindo notas em um padrão.

Ajustes pelo mixer.


Claro que nós sempre podemos usar a janela do mixer, quando estivermos criando ou também tocando um padrão.

A janela do mixer (Fig. 3) possui 32 faixas independentes, cada uma delas é voltada para um instrumento, mais uma linha de "Saída Mestre" para ajustar o volume de saída geral e um botão "FX" para inserir efeitos. Toda linha possuí 3 botões ( ), ajuste de pan ( ), pico máximo atual, volume fader e o nome da faixa. Clicando em irá tocar o instrumento selecionado e silenciará os outros. O botão "Mudo" , simplesmente deixa mudo o instrumento. O pico máximo indica o volume máximo alcançado pelo instrumento; O pico máximo deve ser entre 0.0 e 1.0 (na Fig. 3 você pode ver alguns volumes altos demais), de outra forma ele será distorcido produzindo um som estranho (especialmente com o driver de áudio OSS), neste caso é melhor ajustar o volume para baixo, mantenho o olho em cada vu-meter.



Fig. 3 O mixer


Copyright (c) flipe augusto.
É dada permissão para copiar, distribuir e/ou modificar este documento sob os termos da Licença de Documentação Livre GNU, Versão 1.1 ou qualquer versão posterior publicada pela Free Software Foundation;

"Licença de Documentação Livre GNU".

Last modification: 13/08/2007 at 17:19, by: wille